Entrevista com Andrea Nunes - Autora de romance policial


Quando começou a escrever? O que a motivou?



Acho que a grande motivação de ser escritora é essa possibilidade da gente traduzir a vida em linguagem. Nós, os artistas e intelectuais da época contemporânea, temos uma grande responsabilidade, que é transformar todo esse assombro da vida de hoje em literatura. Inquietar, divertir, orientar e desorientar as pessoas . Meu maior medo é ter vivido em tempos tão turbulentos e não ser capaz disso. Além disso, a tarefa da ordem do dia é saber manter viva a poesia, o lúdico e o pensamento crítico.


Aos catorze anos concluí meu primeiro livrinho infantil. Papai e mamãe me deram a maior força, mas também deram a real que eu precisaria fazer uma escolha: filha de professores não tinha grana para publicar livro e fazer a viagem de 15 anos, que eu vinha há tempos combinando com algumas amigas. Eu não tive nenhuma dificuldade em fazer essa escolha. Esse mesmo livrinho acabaria por me dar dois prêmios bem legais,um como texto literário e outro como adaptação para o teatro, e eu